Última hora

Última hora

Japão adia de novo lançamento Epsilon-1

Em leitura:

Japão adia de novo lançamento Epsilon-1

Tamanho do texto Aa Aa

A 19 segundos do lançamento, o sistema falhou.
O Japão adiou, pela segunda vez este mês, o lançamento do Epsilon-1, o foguetão que colocaria em órbita o primeiro telescópio espacial de observação planetária remota.

O aparelho deveria ter sido lançado às 13h45m hora local, pouco antes das 6 da manhã, hora de Lisboa, do Centro Espacial de Uchinoura, em Kagoshima. Mas de acordo com a Agência Aeroespacial do Japão, o sistema parou, de forma automática por causa de um problema com a inclinação do projétil. O organismo vai investigar o que estive na origem desta falha e não avança para já qualquer data para um novo lançamento.

Na primeira tentativa realizada 22 de agosto, o Epsilon-1 não chegou a sair do solo porque a agência japonesa detetou uma avaria no circuito elétrico do equipamento de comunicação.
Estas falhas consecutivas representam um duro golpe na indústria aeroespacial nipónica que tem investido muitos milhões neste projeto desde 2003.