Última hora

Última hora

"O mordomo" com banda sonora de Rodrigo Leão

Em leitura:

"O mordomo" com banda sonora de Rodrigo Leão

Tamanho do texto Aa Aa

“O mordomo” de Lee Daniels conta a história de um afro-americano, que consegue trabalho na Casa Branca e ascende à posição de mordomo. Uma função que lhe permite acompanhar os mandatos de vários presidentes dos EUA, entre 1952 e 1986.

A banda sonora do filme foi composta por Rodrigo Leão.

O realizador retrata em particular o movimento dos direitos civis nos Estados Unidos.

“Fiz este filme porque era a história de um pai e de um filho. Eu e o meu filho tínhamos zangas e pensei em mim e no meu pai e nos confitos que tivemos quando era jovem. Quis fazer uma história de amor entre um pai e um filho no contexto do movimento dos direitos civis”, conta Lee Daniels, o realizador.

Além de Forest Whitaker no papel de mordomo, o elenco inclui David Oyelowo, Oprah Winfrey e Lenny Kravitz.

“Penso que o filme diz também que há várias formas de lutar pela justiça social. O meu filho luta de forma ativa no movimento pelos direitos civis e a dada altura a minha personagem decide que a abordagem gradual, como diria Martin Luther King, não deveria ser nesse momento o caminho a seguir. E decide escolher outra abordagem que é diferente da escolhida pelo filho”, diz Forest Whitaker.

“Uma das coisas que me agradou no filme é o facto de podermos ver o conflito interno no seio da família em relação às questões raciais e ao mesmo tempo o conflito a nível nacional, com os presidentes a debaterem a questão racial, enquanto o mordomo observa discretamente esses debates que afectam a comunidade, os amigos e os filhos. Depois temos também os aspectos que são comuns a todas as famílias, com os filhos a crescerem e a dizerem aos pais que vão seguir o seu próprio caminho”, afirma David Oyelowo.

“O mordomo” chega às salas de cinema portuguesas a 5 de setembro.