Última hora

Última hora

Síria: Ban Ki-moon reclama tempo para a equipa da ONU

Em leitura:

Síria: Ban Ki-moon reclama tempo para a equipa da ONU

Tamanho do texto Aa Aa

“Deem uma oportunidade à paz!” – Este foi o apelo de Ban Ki-moon aos beligerantes sírios e às potências ocidentais, na sequência do alegado ataque com armas químicas nos arredores de Damasco, na semana passada.

No discurso realizado na manhã desta quarta-feira no Palácio da Paz, em Haia, o secretário-geral das Nações Unidas disse ser “essencial estabelecer os factos.” Ban Ki-moon recordou que uma equipa da ONU está no terreno para investigar o sucedido. “Ela recolheu amostras válidas e testemunhos e encontrou-se com vítimas, poucos dias depois do ataque – adiantou – mas precisa de tempo para concluir o trabalho.” O secretário-geral das Nações Unidas rematou a intervenção com um apelo: “Deem uma oportunidade à paz, deem uma oportunidade à diplomacia. Parem os combates e comecem a conversar.”

A equipa da ONU retomou a investigação esta quarta-feira, depois de ter sido alvejada há dois dias por atiradores desconhecidos. O subúrbio de Mouadamiya foi alegadamente alvo de um ataque com armas químicas que terá feito entre meia centena e mais de um milhar de mortos, de acordo com os rebeldes que apontam o dedo ao regime de Damasco. Bashar al-Assad nega as acusações.