Última hora

Última hora

Síria: ONU precisa de tempo para investigar alegado ataque químico

Em leitura:

Síria: ONU precisa de tempo para investigar alegado ataque químico

Tamanho do texto Aa Aa

O secretário-geral das Nações Unidas reclamou mais tempo para a equipa de investigadores que está na Síria. Ban Ki-moon afirmou que são necessários mais quatro dias no terreno para recolher indícios sobre o alegado ataque com armas químicas efetuado há uma semana num subúrbio de Damasco. Numa intervenção esta quarta-feira, no Palácio da Paz em Haia, na Holanda, o secretário-geral da ONU apelou aos beligerantes e às potências internacionais para darem uma oportunidade à paz e ao diálogo.

Os rebeldes acusam o regime de Damasco de alvejar o subúrbio de Mouadamiya com armas químicas e provocar largas centenas de mortos. O presidente Bashar al-Saad refuta a acusação. Os investigadores cumpriram esta quarta-feira o segundo dia de trabalho. No início da semana a coluna da ONU foi alvo de disparos de atiradores furtivos, o que levou a equipa a interromper os trabalhos na terça-feira. Ban Ki-moon recordou que depois dos investigadores saírem da Síria há que analisar cientificamente os dados recolhidos e apresentar as conclusões ao Conselho de Segurança das Nações Unidas.