Última hora

Última hora

Recessão abranda em Espanha

Em leitura:

Recessão abranda em Espanha

Tamanho do texto Aa Aa

O crescimento das exportações e uma melhoria do consumo conseguiram travar a recessão económica em Espanha. Segundo os números definitivos do gabinete de estatística, entre abril e junho, o PIB espanhol recuou 0,1%. É a menor queda desde o segundo trimestre de 2011, quando começou a atual recessão.

Em termos anuais, a economia recuou 1,6%.

No segundo trimestre, as exportações cresceram mais do dobro do previsto, atingindo os 6%, e a queda do consumo foi de apenas uma décima.

Mais moderada é também a destruição de postos de trabalho. Mesmo assim, a taxa de desemprego na quarta maior economia da zona euro continua a rondar os 27%.

Com os dados a apontarem para uma estabilização da economia, o governo espera ver o país sair de dois anos de recessão até ao final do ano.