Última hora

Última hora

Aprender a ser líder

Em leitura:

Aprender a ser líder

Tamanho do texto Aa Aa

Muitos dos protagonistas da História eram considerados líderes natos. Mas esta não é uma característica meramente instintiva. A liderança desenvolve-se e há várias técnicas para o fazer.

No Qatar, integrado na Cimeira Mundial de Inovação na Educação (WISE), o programa denominado “Learners’ Voice” reúne estudantes e responsáveis políticos. As questões em debate podem dar aos mais jovens algumas ferramentas para desenvolver novas competências.Todos os anos, este projeto dá a vários estudantes, de várias nacionalidades, a oportunidade de aprofundar a capacidade de inovar. Os alunos são repartidos em pequenos grupos de estudo que se debruçam sobre projetos de inovação pedagógica em várias áreas, como o meio ambiente, a medicina ou a educação em meios desfavorecidos. Depois, são desafiados para a componente prática.

A Polónia é um dos países onde uma rede internacional ajuda empresários a concretizarem projetos inovadores. Sylwia Chutnik é um nome conhecido para os polacos: para além de escritora e de guia turística em Varsóvia, é empresária na área do desenvolvimento social. Sylwia criou a Fundação MaMa. O projeto de apoio na maternidade desenhou-se na cabeça de Sylwia justamente quando se tornou mãe. Foi a rede Ashoka que a procurou para estabelecer uma parceria.

Entre o crescimento veloz, um urbanismo desenfreado e uma economia agrária dominante, a Índia é um país de intensos contrastes. Berço de uma das grandes civilizações da Humanidade, que lições pode a história indiana trazer? A sabedoria dos antigos indianos pode transmitir mais do que se pensa a um país em plena convulsão económica. É o que defende Radhakrishna Pilai, um dos fundadores do Instituto Chanakya de Liderança, da Universidade de Mumbai. Radhakrishna criou um curso de seis meses que se centra essencialmente no livro “Arthashastra”, da autoria de Kautalya.