Última hora

Última hora

Obama vai pedir aval ao Congresso para intervir na Síria

Em leitura:

Obama vai pedir aval ao Congresso para intervir na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama diz-se preparado para uma intervenção na Síria e garante que os seus militares estão a postos para uma ação eminente.

Palavra proferidas numa conferência de imprensa no jardim das Rosas da Casa Branca. Esta declaração surge após a discussão com vários países aliados sobre a eventual realização de uma ação militar “limitada” contra o regime de Damasco na sequência do alegado uso de armas químicas sobre a população nos arredores de Damasco a 21 de Agosto.

O objectivo desta declaração à nação foi informar os americanos e o mundo dos planos do governo e, ao mesmo tempo, pedir publicamente ao Congresso o seu aval para esta operação. Obama disse que o uso de armas químicas pela Síria ameaça a segurança nacional norte-americana e insistiu que o mundo não pode aceitar que mulheres e crianças sofram ataques com gás. O presidente citou dados de um relatório do serviço secreto norte-americano, segundo o qual 1.429 pessoas morreram, entre as quais 426 crianças, nesse ataque químico atribuído ao regime sírio.

O presidente norte-americano apelou para que o mundo não fique “paralisado” perante a situação na Síria e convocou uma reunião para informações classificadas aos membros da Câmara de Representantes do Congresso.