Última hora

Última hora

Exército egípcio lança operação contra grupos islamitas no Sinai

Em leitura:

Exército egípcio lança operação contra grupos islamitas no Sinai

Tamanho do texto Aa Aa

O exército egípcio lançou, esta noite, uma operação militar na península do Sinai, palco de vários ataques islamitas desde a queda do presidente Mohamed Morsi.

Os militares, apoiados por helicópteros Apache terão morto pelo menos 15 combatentes islamitas durante a ação, detendo outros seis, destruíndo várias casas e pelo menos dois depósitos de munições.

A operação visa as cidades de Rafah e de Sheikh Zuweid, junto à fronteira com a faixa de Gaza, controlada pelo movimento islamita Hamas.

Os militares terão igualmente destruído vários túneis clandestinos que fazem a ligação entre o Egito e o território palestiniano.

Um residente de Rafah afirma: “A situação na cidade é pior do que nunca, uma vez que estes túneis são essenciais para a vida desta cidade”.

As construções subterrâneas permitem o trânsito de víveres, mas também de armamento, entre o Egito e Gaza, contornando o bloqueio israelita.

Responsáveis do Hamas acusaram o Egito de tentar criar uma “zona-tampão” junto à fronteira, uma situação desmentida pelo Cairo que reconhece, no entanto, ter destruído vários túneis que, alegadamente, seriam utilizados para fornecer armas aos islamitas em territorio egípcio.