Última hora

Em leitura:

OCDE prevê crescimento modesto


economia

OCDE prevê crescimento modesto

A OCDE revelou, em conferência de imprensa, as suas perspectivas de crescimento, para o próximo ano.

Jorgen Elmeskov, economista chefe da organização, não tem dúvidas – ainda é um “crescimento mediocre”. Mas apesar disso, são melhores notícias, que aqueles a que estávamos habituados:

“O que estamos a ver é a continuação de um crescimento mediocre, em todo o mundo.A mensagem que queremos deixar é um pouco mais otimista, mas realmente não é um tipo de mensagem que nos deixe muito felizes. É um pouco melhor do que aquelas a que estávamos habituados, no passado recente. Nessa altura, nunca nos chegavam boas notícias”.

Na liderança das economias ocidentais, seguem, ombro a ombro, os Estados Unidos, e o Reino Unido, separados por duas décimas.

Mais atrás, vem a Alemanha, com uma taxa de crescimento de 0.7, valor que fica muito aquém das expectivas internas.

Na frente, com 7.4, segue a China. O Japão deve crescer 1.6 por cento.

O produto industrial cresce com dificuldade e, nalgumas economias, tem sido mesmo ultrapassado pelos serviços.

O setor financeiro continua a refinanciar a economia produtiva a taxas de juro elevadas e aqui pode residir uma das causas deste crescimento modesto.

Algumas economias emergentes estão também a passar por um período de dificuldades.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

economia

Preço do petróleo estabiliza