Última hora

Última hora

ONU diz que um terço da população síria foi deslocada pelo conflito

Em leitura:

ONU diz que um terço da população síria foi deslocada pelo conflito

Tamanho do texto Aa Aa

A agência das Nações Unidas para os Refugiados lança o alarme: falta dinheiro para fazer face aos enorme fluxo de deslocados pelo conflito na Síria.

A ONU calcula que sete milhões de sírios – cerca de um terço da população – foram obrigados a deixar as casas devido à violência. Dois milhões refugiaram-se em países vizinhos, como a Jordânia, a Turquia e o Iraque.

O representante do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados em Damasco, Tarik Kurdi, diz que “foram pedidos 250 milhões de dólares” aos doadores internacionais, mas até ao momento “só receberam 70 milhões de dólares”.

Desde que a fronteira com o Iraque foi reaberta a 15 de Agosto, dezenas de milhares de sírios procuraram abrigo no país vizinho. Mas a falta de alojamento e condições nos campos de refugiados, como o de Domiz – no Curdistão iraquiano -, leva muitos a divagaram para localidades vizinhas ou mesmo a regressarem à Síria, apesar dos riscos associados a um conflito que já fez mais de 100.000 mortos.