Última hora

Última hora

A sociedade atual cabe toda num engarrafamento?

Em leitura:

A sociedade atual cabe toda num engarrafamento?

Tamanho do texto Aa Aa

O filme de estreia da atriz italiana Emma Dante é um dos vinte em competição no Festival Internacional de Cinema de Veneza. Nas palavras da realizadora, “Via Castellana Bandiera” é um espelho da sociedade actual.

O filme fala da humanidade, em geral. É o homem diante do homem. A partir daí, é também um espelho da sociedade, do que está a acontecer atualmente no nosso país, algo que se prende com um imobilismo. Ninguém se mexe, nada avança, nada recua. Por isso, uma estrada bloqueada por dois carros cria um engarrafamento”, afirmou Emma Dante.

“Via Castellana Bandiera” é uma co-produção entre a Itália, a França e a Suíça. A ação do filme desenrola-se num bairro pobre de Palermo, no meio de um braço de ferro entre um casal de lésbicas e uma família siciliana.

“Penso que o filme é um pouco uma tragédia e no fim há um sacrifício que é libertador porque a personagem de Samira quer morrer. Com o sacrifício dela a estrada abre-se, Rosa e Clara encontram de novo o amor. Há uma humanidade que corre para a tragédia mas depois na minha opinião o filme eleva-se. Penso que é um filme onde há esperança”, considerou a atriz Alba Rohrwacher.