Última hora

Em leitura:

Rivalidade entre Lauda e Hunt transposta para o cinema


cinema

Rivalidade entre Lauda e Hunt transposta para o cinema

Em parceria com

“Rush – Duelo de Rivais”… Um filme que narra a histórica de rivalidade entre dois grandes pilotos da Fórmula 1, o inglês James Hunt e o austríaco Niki Lauda. Nos principais papéis Chris Hemsworth e Daniel Brühl.

Hunt e Lauda possuíam características bem distintas. Enquanto o austríaco era metódico e brilhante, o inglês adotava um estilo mais despojado, típico de um playboy. A quezília de ambos atingiu o auge em 1976, quando os dois correram vários riscos, para que pudessem consagrar-se campeão mundial de Fórmula 1.

Ron Howard, explica porque quis realizar este filme. “O sexo, o perigo, a Fórmula 1, os anos 70. Todas estas coisas fundem-se e colidem. É espirituoso e engraçado. As personagens surpreendem e entretêm. É um filme que…Eu realmente queria ver,” assegura.

O ator australiano, Chris Hemsworth, que interpreta Hunt, falecido em 1993, confessa que o mundo da Fórmula 1 sempre o fascinou… “Penso que é a emoção da morte em que esses homens se atiram, participar em algo assim ou apenas observar, no meio da multidão, como um adepto, tudo isso é muito emocionante. Creio que todos ficam fascinados com isso…”

Olivia Wild interpreta Suzy Miller, a primeira mulher de James Hunt. “Ela era fantástica! Destemida, glamorosa, sensual, espontânea… Ela foi casada com James Hunt e depois com Richard Burton, por isso ela não tinha medo de desafios,” explica a atriz.

Coube ao alemão, Daniel Brühl, encarnar Niki Lauda. O ator conta como foi o primeiro encontro com o herói austríaco da Fórmula 1.
“Um dia ele telefonou-me, às 6 horas da manhã, e foi hilariante. Ele disse, ‘Bem, acho que temos de nos encontrar’, e eu disse ‘sim, isso seria bom’, “traga apenas bagagem de mão para Viena, se não gostarmos um do outro, pode desaparecer’. Eu disse’ oh ‘. Felizmente eu tive de comprar algumas roupas extras, em Viena, pois fiquei mais tempo do que o esperado. É assim que ele é, e é isso que admiro nele. Ele é destemido!”, exclama.

Para Niki Lauda, a felicidade não está completa. “O mais triste é que o James já não está aqui. Se ele estivesse, então estaria mesmo feliz!”

“Rush – Duelo de Rivais”, com estreia prevista no Brasil para 13 de setembro. Chega às salas de cinema portuguesas a 3 de outubro.

Artigo seguinte

cinema

A sociedade atual cabe toda num engarrafamento?