Última hora

Última hora

Síria: Rebeldes ocupam aldeia a 60 km de Damasco

Em leitura:

Síria: Rebeldes ocupam aldeia a 60 km de Damasco

Tamanho do texto Aa Aa

Rebeldes ligados à Al-Qaida, entraram na aldeia de Maaloula após dois dias de combates com as tropas governamentais sírias.

Nesta comunidade maioritariamente cristã, é falada uma versão do aramaico, uma língua bíblica que se crê ter sido a falada por Jesus.

A aldeia com cerca de 3300 habitantes situa-se a cerca de 60 quilómetros a nordeste de Damasco.

Valerie Amos, responsável pelas operações humanitárias das Nações Unidas, deslocou-se a Damasco para se reunir com as autoridades sírias.

Esta visita acontece após as Nações Unidas terem anunciado que o número de refugiados sírios já ultrapassou os dois milhões.

Entretanto um porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) anunciou que mais de um quarto dos refugiados sírios no Líbano não vai receber ajuda alimentar a partir de outubro por falta de fundos.

O ACNUR vai fornecer “uma assistência específica”. Até agora houve uma operação de ajuda maciça a cerca de 720 mil refugiados.