Última hora

Última hora

Combatentes palestinianos protestam contra processo de paz

Em leitura:

Combatentes palestinianos protestam contra processo de paz

Tamanho do texto Aa Aa

As negociações de paz no Médio Oriente, retomadas em julho, parecem entrar num novo impasse, num momento em que fontes palestinianas multiplicam as críticas à “inflexibilidade” de Israel.

Dezenas de combatentes do braço armado do Hamas, mas também de um grupo armado aliado do presidente Mahmoud Abbas, desfilaram, esta sexta-feira, em Gaza, para condenar a retoma do processo negocial.

“Nós não autorizámos ninguém a negociar os nossos direitos ou a dizer que o nosso povo ou as nações árabes são fracas. Nós somos fortes porque temos os nossos direitos”, afirma um combatente.

A demonstração de força coincide com um novo dia de confrontos em Jerusalém, entre fiéis muçulmanos e militares, depois do exército israelita ter reforçado a segurança nos lugares sagrados por ocasião do ano novo judaico.

O clima de tensão coincide com o encontro, previsto para a próxima semana, em Londres, entre o presidente palestiniano e o secretário de estado norte-americano John Kerry.

Uma oportunidade, segundo várias fontes, para Abbas queixar-se ao mediador norte-americano de um processo negocial estagnado, no qual Israel não parece estar disposta a retirar homens e colonatos da Cisjordânia.