Última hora

Última hora

Desemprego baixa nos Estados Unidos

Em leitura:

Desemprego baixa nos Estados Unidos

Tamanho do texto Aa Aa

O desemprego continua a baixar nos Estados Unidos, pelo segundo mês consecutivo.

Em Agosto, entraram nos serviços federais mais 180 mil folhas de pagamento de salários.

Em Julho, esse crescimento tinha sido de 162 mil.

A taxa de desemprego federal situação agora nos 7.3 por cento, baixou seis décimas, em relação ao valor medido há quatro anos.

Em Junho era de 7.6 e, nos meses seguintes, baixou para os valores atuais.

Isto reflete-se numa recuperação da confiança, por parte das famílias, com um aumento sensível, da procura interna. Apesar disso, o consumo continua em números considerados baixos, tal como a compra de casa e de outros bens duradoiros.

Não se viam valores desta ordem, desde Dezembro de 2008, quando a taxa de desemprego se cifrou também em 7.3 por cento.

A Reserva Federal elogiou este comportamento da economia norte-americana e promete manter as taxas de juros a valores tão baixos, quanto possível, para facilitar o refinanciamento das empresas.

Essa é a grande alavanca do crescimento, diz a Reserva Federal.

Robert Dye, um analista económico, considera que isto “não é o desejável, mas é um consolo. A economia está a andar no caminho certo”.