Última hora

Última hora

O regresso às aulas

Em leitura:

O regresso às aulas

Tamanho do texto Aa Aa

Depois das longas férias de verão muitas crianças e alguns pais receiam o primeiro dia de escola. Porquê? Será assim tão mau? Será possível fazer com que seja mais fácil retomar a rotina escolar?

A França adotou um sistema de semanas letivas curtas de apenas 4 dias, mas os dias são longos e intensos. As crianças vão à escola segundas, terças, quintas e sextas-feiras de manhã. O sistema está a ser revisto e deverá ser alterado para uma semana de quatro dias e meio de modo a que os dias sejam menos intensos e os pais possam corresponder às necessidades dos filhos.

Será que o regresso às aulas, depois das férias de verão, pode traumatizar as crianças? A psicoanalista Cinzia Crosàli acredita que sim mas não se deve generalizar: “É verdade que pode ser traumatizante para muitas crianças, mas não se deve generalizar nem exagerar pois para outras crianças é um momento agradável e emocionante. Para reduzir a ansiedade, pais e filhos podem falar de forma descontraída sobre a escola. E é verdade que, se os pais estão um pouco preocupados com o fim de suas férias, é difícil as crianças manterem a calma e encarar o novo ano escolar,” assegura.

No Japão, os professores protestam e querem aumentar o horário escolar. O sistema de ensino japonês é um dos mais rigorosos do mundo. O primeiro ciclo tem uma duração de seis anos e as crianças passam, em média, 30 horas, por semana nas escolas.

O modo de vida japonês incentiva as pessoas a preencher o seu tempo com uma atividade sistemática, para melhorar conhecimentos e habilidades. Espera-se que essa atitude se reflita nas próximas mudanças. Quer passem muito ou pouco tempo nas escolas, uma coisa é certa, as crianças japonesas vão ter os dias muito ocupados, com o intuito de aprenderem sempre algo de novo…

HIPERLIGAçÕES

Estudo da OCDE:
www.oecd.org/edu/eag2012.htm

Horários e reformas escolares em França:
www.education.gouv.fr/cid66696/la-reforme-des-rythmes-a-l-ecole-primaire.html

www.education.gouv.fr/archives/2012/refondonslecole/wp-content/uploads/2012/09/consulter_la_comparaison_internationale_sur_les_rythmes_scolaires1.pdf

www.liberation.fr/societe/2012/10/11/rythmes-scolaires-la-france-sur-les-traces-de-ses-voisins-europeens_852296

Sistema educativo japonês:

web-japan.org/kidsweb/explore/schools

www.oecd.org/japan/46623994.pdf

www.japantoday.com/category/lifestyle/view/japan-considers-6-day-school-week-teachers-not-enthusiastic