Última hora

Última hora

John Kerry reforça retórica de Obama

Em leitura:

John Kerry reforça retórica de Obama

Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama prepara-se para enfrentar o Congresso americano. John Kerry intensifica os contactos diplomáticos para consolidar os argumentos que serão cruciais durante os próximos dias. Após uma reunião com os representantes da Liga Árabe, o secretário de Estado americano declarou o seguinte: “Aquilo que debatemos hoje – e todos concordámos, não houve uma voz dissonante – é que o uso de armas químicas por Bashar al-Assad, que sabemos ter matado centenas de pessoas inocentes, incluindo 426 crianças, transgrediu os limites a nível global. Também concordámos que aquele regime desprezou totalmente as leis que a comunidade internacional respeita há quase um século. É imperativo que haja uma responsabilização.”

O reforço da retórica de Obama passa ainda pelo Comité de Informações do Senado, que ordenou a compilação das imagens sobre o alegado ataque químico imputado ao regime sírio para as distribuir entre os legisladores. Quem já tem posição tomada são as centenas de manifestantes anti-guerra do grupo “Answer Coalition”, que desfilaram entre a Casa Branca e o Capitólio. “Mesmo que Bashar al-Assad tenha recorrido a armas químicas, o que não acredito, a resposta nunca seria matar ainda mais pessoas”, afirmava uma ativista.

Entretanto, numa entrevista à televisão americana CBS, Bashar al-Assad veio novamente negar qualquer responsabilidade no ataque que ocorreu no final de agosto.