Última hora

Em leitura:

Ban Ki-moon quer destruição de armas químicas sírias


Síria

Ban Ki-moon quer destruição de armas químicas sírias

A questão das armas químicas sírias está a provocar reações por parte da comunidade internacional. O secretário-geral da ONU diz que, a confirmar-se a utilização deste arsenal, na Síria, há que tomar medidas.

Ban Ki-Moon anunciou que está a pensar fazer uma proposta ao Conselho de Segurança: “Estou a considerar exortar o Conselho de Segurança a pedir a transferência imediata dos ‘stocks’ sírios de armas químicas e de precursores químicos para locais, dentro da Síria, onde possam ser armazenados e destruídos em segurança.”

John Kerry, secretário de Estado norte-americano, por seu lado, está consciente de que Bashar Al-Assad não tenciona entregar o arsenal químico à comunidade internacional: “Obviamente, ele pode entregar cada uma das armas químicas à comunidade internacional já na próxima semana. Entregar tudo, sem demoras, e admitir a responsabilização total e completa. Mas não está prestes a fazê-lo e isso não pode, obviamente, ser feito.”

Jonh Kerry esteve, esta segunda-feira, em Londres. Os Estados Unidos continuam em busca de apoio internacional para atacarem a Síria.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Síria: Damasco acolhe favoravelmente proposta russa de controlo de arsenal químico