Última hora

Última hora

Rússia: oposição a Putin vence municipais em Ekaterinenburgo e denuncia fraudes em Moscovo

Em leitura:

Rússia: oposição a Putin vence municipais em Ekaterinenburgo e denuncia fraudes em Moscovo

Tamanho do texto Aa Aa

A festa do partido Rússia Unida, em Moscovo, não esconde um revês eleitoral para a formação de Vladimir Putin.

O candidato do partido do presidente russo foi reeleito à frente da câmara da capital, mas por uma frágil maioria, face ao opositor Alexei Navalny que denunciou várias fraudes no escrutínio.

Serguei Sobianine, um aliado de Putin, obteve 51,3% dos votos nas eleições municipais de Moscovo, conseguindo uma vitória à primeira volta num sufrágio com uma participação de apenas 33%. Alexei Navalny, apontado como o inimigo número um do presidente obteve, segundo os dados provisórios, 27% dos votos e ameaça agora organizar um protesto de rua contra o que chama de falsificação dos resultados.

Mas a noite eleitoral ficou marcada por uma vitória inédita da oposição, na quarta cidade do país, Ekaterinenburgo onde o ativista e opositor, Yevgeny Roizman venceu o candidato do partido Russia Unida, com 33% dos votos, a uma curta distância do opositor. O antigo deputado e fundador de um movimento de luta contra o tráfico de droga desfere assim um duro golpe na formação de Putin, ao tornar-se presidente da câmara da cidade.