Última hora

Última hora

Catalães fazem cordão humano de 400 km para pedirem independência

Em leitura:

Catalães fazem cordão humano de 400 km para pedirem independência

Tamanho do texto Aa Aa

Um cordão humano de 400 quilómetros. Foi assim que milhares de catalães celebraram o Feriado Nacional desta região autónoma espanhola, ao mesmo tempo que exigem a independência.

Os independentistas desta região – uma das mais ricas de Espanha, e com língua própria – querem que os catalães se pronunciem, em referendo, sobre uma eventual separação do Estado espanhol. Um referendo que a Constituição espanhola não autoriza.

O cordão, ao qual os organizadores desta iniciativa chamam a “Via Catalã até à Independência”, atravessou a região da Catalunha de norte a sul.

“O povo da Catalunha deve ser consultado, no ano que veam, sobre o seu futuro político. O meu compromisso com o direito de decisão do povo catalão é tão forte que, como fiz saber nos últimos dias, estou determinado a usar todos os meios democráticos e legais que estão à minha disposição para permitir que os cidadãos da Catalunha possam decidir sobre o seu futuro, enquanto país.”

Este feriado nacional é, na realidade, o Dia da Independência. A data marca a perda da independência da região, com a tomada de Barcelona pelas tropas franco-espanholas, durante a Guerra de Sucessão. Foi em 1714.

É por essa razão que o Cordão Humano começou a sua marcha oficialmente às 17h14 minutos locais – uma hora menos em Lisboa.