Última hora

Última hora

Catalunha celebra Dia Nacional de olhos postos em referendo sobre a independência

Em leitura:

Catalunha celebra Dia Nacional de olhos postos em referendo sobre a independência

Tamanho do texto Aa Aa

Este 11 de setembro é dia de Feriado Nacional na Catalunha, com os olhos postos num eventual referendo a realizar no próximo ano.

Os independentistas da região autónoma da Catalunha – uma das mais ricas de Espanha, e com língua própria – querem que os catalães se pronunciem, em referendo, sobre uma eventual separação do Estado espanhol.

Dessa opinião é Artur Mass, presidente da Catalunha: “O povo da Catalunha deve ser consultado, no ano que vem, sobre o seu futuro político. O meu compromisso com o direito de decisão do povo catalão é tão forte que, como fiz saber nos últimos dias, estou determinado a usar todos os meios democráticos e legais que estão à minha disposição para permitir que os cidadãos da Catalunha possam decidir sobre o seu futuro, enquanto país.”

Tal referendo é inconstitucional, segundo a lei magna espanhola, e o Partido Popular – no poder em Espanha, mas na oposição na Catalunha – aponta o dedo ao governo regional. “Aqui estão milhares, milhões de catalães que se sentem órfãos, porque não temos governo, já que o governo está às ordens do separatismo e do independentismo”, acusa Alicia Sanchez Camacho, líder do PP Catalão.

As comemorações do Dia da Independência prosseguem, esta quarta-feira. A data marca, na realidade, a tomada de Barcelona pelas tropas franco-espanholas, durante a Guerra de Sucessão.