Última hora

Última hora

Remoção do Costa Concordia começa na próxima semana

Em leitura:

Remoção do Costa Concordia começa na próxima semana

Tamanho do texto Aa Aa

As operações de remoção do Costa Concordia, orçadas em cerca de 400 milhões de euros, vão começar na próxima semana. A data exata depende das condições meteorológicas.

O navio naufragou a 13 de janeiro de 2013, ao largo da Ilha do Giglio, em Itália, e provocou a morte a 32 pessoas.

Uma vez removido e colocado na sua posição normal, o paquete será rebocado para um porto, ainda por determinar, onde será desmantelado, o que deverá durar um ano.

A operação de remoção, essa deverá decorrer num máximo de 20 horas. Nicholas Sloane, umd os engenheiros responsável pelas operações, explica: “Fazemos uma pré-tensão dos sistemas na véspera. Depois, ao nascer do dia, fazemos as verificações finais e lançamos a operação. Instalamos várias barragens absorventes, contra a poluição por hidrocarbonetos, e redes de pesca, para apanhar os destroços.”

A operação é esperada com interesse, por parte dos turistas, mas aguardada com apreensão pelos pescadores locais. “Esperemos que o removam inteiro. Porque se se parte, é o fim!”, preocupa-se Joachin Ferraro. O pescador continua: “Começa tudo a sair. É verdade que já retiraram a maior parte do combustível, mas resta sempre um pouco, e há as pinturas e todas as coisas que vão sair…”

Uma sessão de esclarecimento da população está marcada para a próxima semana. A imagem do navio encalhado exaspera os habitantes, tanto mais que já provocou uma quebra de 30% da frequentação turística, uma catástrofe numa região já bastante afetada pela recessão que assola a Itália.