Última hora

Última hora

Barroso afirma: são os governos nacionais que têm de fazer as reformas

Em leitura:

Barroso afirma: são os governos nacionais que têm de fazer as reformas

Tamanho do texto Aa Aa

Depois do discurso de Manuel Durão Barroso, em Estrasburgo, sobre o estado da União Europeia, a Euronews entrevistou o Presidente da Comissão.

Para a Síria, Barroso defende uma solução política mas está aberto a outras possibilidades, ou seja, não fecha a porta a outras hipóteses no caso da Síria não respeitar aquilo a que se comprometeu. Para o Presidente da Comissão o facto do governo sírio ter admitido ceder o controlo internacional sobre as armas químicas que possui é já um primeiro passo.

Nas questões europeias, Barroso não aceita que se coloquem as culpas da crise nos ombros da União Europeia, ainda que admita que estas possam ser partilhadas. Barroso, recordando que o início da crise não aconteceu na Europa, defende que sem a ajuda dos governos de cada Estado Membro, que devem encontrar soluções através das próprias reformas, a União Europeia não pode agir.

O antigo primeiro-ministro português não pensou ainda na sua recandidatura a um terceiro mandato na comissão, como o próprio diz tem ainda um ano pela frente, mas quer ser lembrado pela sua política ambiental e, entre outras coisas, pela aposta no desenvolvimento do emprego digital.

Global Conversation and interactive hangout with President Barroso

(English)