Última hora

Última hora

BCE vai vigiar 6 mil bancos da zona euro

Em leitura:

BCE vai vigiar 6 mil bancos da zona euro

Tamanho do texto Aa Aa

O Banco Central Europeu (BCE) tem um novo poder: o de vigiar os bancos da zona euro. A supervisão, o primeiro passo na criação da união bancária, deverá começar no segundo semestre de 2014.

A luz verde ao “mecanismo de supervisão única” foi dada, esta quinta-feira, pelo Parlamento Europeu, que num braço-de-ferro conseguiu o direito a controlar as decisões do BCE.

Philippe Lamberts, eurodeputado dos Verdes, explica: “Demo-nos conta que quando os bancos são vigiados a nível nacional há uma certa cumplicidade. Precisamos de um polícia eficaz se queremos que os grandes bancos, que contam com os contribuintes para serem salvos, sejam geridos de forma correta em nome do interesse geral. É o que queremos da União Bancária. Colocar um polícia europeu que vigia o conjunto do sistema bancário da zona euro, os países que venham a aderir ao euro e aqueles que se queiram juntar à iniciativa”.

O BCE terá a missão de vigiar 6 mil bancos da zona euro. A decisão tinha sido delineada pelo Conselho Europeu, à cerca de um ano. Os dirigentes dos Estados membros discutem agora os dois dossiês mais difíceis da união bancária, entre eles, o sistema que poderá salvar ou liquidar um banco.

Os europeus procuram reforçar o sistema bancário, depois de terem usado cerca de um terço do PIB da União Europeia para salvar os bancos desde 2008.