Última hora

Última hora

Síria: diplomacia em Genebra não trava preparativos militares

Em leitura:

Síria: diplomacia em Genebra não trava preparativos militares

Tamanho do texto Aa Aa

A diplomacia não parece travar a tensão militar na Síria. O secretário de estado norte-americano, John Kerry, já se encontra em Genebra para discutir o plano russo para desmantelar as armas químicas sírias, com o seu homólogo Serguei Lavrov.

Uma trégua apenas aparente, quando Moscovo continua a enviar navios militares para o Mediterrâneo e Washington terá começado a distribuir armas e equipamento aos rebeldes sírios, segundo fontes citadas pelo jornal Washington Post.

Antes de partir para Genebra, Lavrov reafirmou, no Casaquistão, a importância de não desperdiçar a atual oportunidade diplomática:

“Se existe uma possibilidade de evitar um cenário militar com interferência externa, então também existe uma possibilidade de que os meses de trabalho para preparar uma solução política em Genebra possam finalmente tornar-se numa realidade. Nós não vamos desperdiçar este trabalho nesta reunião entre Estados Unidos e Rússia. Peritos internacionais, peritos da ONU e da Organização para a Proibição das Armas Químicas vão também participar nesta reunião”.

A Turquia, que continua a preparar-se para um eventual ataque, mostra-se cética quanto ao compasso de espera. O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, duvida da vontade de Assad em cumprir as promessas e afirma que o dirigente sírio, “só pretende ganhar tempo enquanto continua a massacrar a população”.

euronews em direto