Última hora

Última hora

Fukushima "fora de controlo" afeta credibilidade de Abe

Em leitura:

Fukushima "fora de controlo" afeta credibilidade de Abe

Tamanho do texto Aa Aa

Uma nuvem de incertezas paira sobre a central nuclear de Fukushima e põe em causa a credibilidade do primeiro-ministro japonês.

Kazuhiko Yamashita, um dirigente da companhia elétrica, TEPCO, gestora da central, afirmou que a situação está “fora de controlo”, durante uma reunião organizada pelo principal partido da oposição japonesa, o partido democrático.

Horas mais tarde, a companhia elétrica deu o dito por não dito e afirmou que afinal o dirigente da TEPCO pretendia apenas afirmar que há problemas continuados no armazenamento da água radioativa.

Mas as duas versões, desmentem o primeiro-ministro Shinzo Abe, que na semana passada, perante o Comité Olímpico Internacional, afirmou que a situação está totalmente sob controlo e que as fugas de água radioativa foram resolvidas.

A TEPCO luta todos os dias para retirar, tratar e armazenar as cerca de 400 toneladas de água que entra na central. Há registos de que água contaminada desaguou no mar junto ao complexo que ficou danificado com o desastre sísmico de 2011.