Última hora

Última hora

Legislativas alemãs: gesto polémico de rival de Merkel

Em leitura:

Legislativas alemãs: gesto polémico de rival de Merkel

Tamanho do texto Aa Aa

A pouco mais de uma semana das legislativas na Alemanha, o gesto polémico do rival social-democrata da chanceler Angela Merkel está a dar que falar.

Pier Steinbrück respondeu desta forma (ver vídeo) à questão sobre os apelidos que tem recebido devido às “gafes” de campanha, numa “entrevista muda” ao jornal Süddeutsche Zeitung, na qual apenas deve exprimir-se por gestos.

Uma residente de Berlim diz que o que é importante “é aquilo que ele representa e o seu programa. Às vezes é bom ter políticos que exprimem as suas opiniões de uma forma um pouco diferente do habitual”.

Outra discorda, afirmando que “não o devia ter feito”, e que “uma pessoa não se deve deixar fotografar nem mostrar desta forma”.

A polémica surgiu num momento em que Steinbrück começava a reduzir a desvantagem em relação a Merkel. Numa sondagem publicada esta sexta-feira, o candidato do SPD surge com 26 por cento das intenções de voto, contra 40 por cento para a chanceler, que fez ela mesma dos gestos de alemães comuns uma imagem de campanha.

O secretário-geral da CDU de Merkel, Hermann Gröhe, explica que a imagem contém “as boas mãos nas quais assenta o futuro da Alemanha. São, concretamente, as mãos de duas mil pessoas que representam os milhares que trabalham duro [pelo país]”.

Curiosidade das sondagens, a formação Alternativa para a Alemanha – que defende o abandono do Euro e um regresso ao Marco alemão – está a apenas um ponto de um eventual acesso ao Parlamento.