Última hora

Última hora

Índia: condenação à morte para responsáveis por violação coletiva de estudante

Em leitura:

Índia: condenação à morte para responsáveis por violação coletiva de estudante

Tamanho do texto Aa Aa

A Justiça indiana condenou à morte por enforcamento os quatro homens acusados da violação coletiva de uma jovem estudante num autocarro em Nova Deli, em Dezembro do ano passado.

A vítima morreu dos ferimentos duas semanas depois do ataque. O condutor do autocarro e quinto homem detido pelas autoridades tinha cometido suicídio na prisão em Março. O sexto acusado, ao ser um menor, foi condenado no mês passado à pena máxima prevista pela Justiça indiana, três anos num reformatório.

Os quatro homens condenados à morte podem agora recorrer ao Supremo Tribunal, um processo que, segundo os especialistas, pode demorar vários anos.

Ainda antes de conhecer o veredicto, a mãe da jovem estudante dizia que “da mesma forma que toda a sociedade a considerou como sua filha, será todo o país que obterá Justiça, se a sua filha também a obtiver”.

A brutalidade da violação em Nova Deli motivou uma vaga de protestos por todo o país e levou o parlamento indiano a reforçar as punições contra as agressões sexuais.