Última hora

Última hora

Síria: Os seis pontos do acordo

Em leitura:

Síria: Os seis pontos do acordo

Tamanho do texto Aa Aa

O acordo entre Estados Unidos e Rússia tem seis pontos muito precisos que a Síria vai ser obrigada a respeitar.

Os dois primeiros têm a ver com identificar rapidamente o número e tipo de armas químicas da Síria e entregar uma lista à ONU, no prazo de uma semana. A Convenção sobre armas químicas deve permitir medidas extraordinárias para a destruição dessas armas.

O ponto seguinte é um dos mais importantes: a Síria tem de dar aos inspetores da ONU um acesso ilimitado e livre. Kerry quer que os inspetores estejam em território sírio já em novembro.

Todas as armas químicas têm de ser destruídas, o que pode implicar que este armamento seja retirado à força do país.

Finalmente, o sexto ponto diz que a ONU deve dar apoio logístico às operações e deve votar uma resolução de acordo com o capítulo sete da carta das Nações Unidas.

O capítulo sete inclui o uso da força, caso o regime de Assad não cumpra o acordo. Mas isso não significa que a Rússia vote a favor de uma resolução que obrigue a uma intervenção militar.