Última hora

Última hora

Últimos preparativos da operação para endireitar Costa Concordia

Em leitura:

Últimos preparativos da operação para endireitar Costa Concordia

Tamanho do texto Aa Aa

Junto à ilha italiana de Giglio, ultimam-se os preparativos da operação para endireitar o Costa Concordia, naufragado há mais de um ano e meio.

Se as condições meteorológicas o permitirem, deverá ter início na madrugada de segunda-feira e durar 7 a 12 horas.

A operação para colocar o paquete de 114.500 toneladas na posição vertical representa uma estreia mundial, orçada em mais de 600 milhões de euros.

Nicholas Sloane, que lidera a equipa de técnicos e especialistas, explica que “haverá câmaras subaquáticas que observarão o que se passa no leito do mar e uma das prioridades é procurar as pessoas ainda desaparecidas”.

O naufrágio do navio a 13 de Janeiro de 2012, com 4229 pessoas a bordo, fez 32 mortos. Dois dos corpos continuam desaparecidos.

Se a operação for bem-sucedida, serão precisos depois vários meses de preparação para que o Costa Concordia seja rebocado e posteriormente desmantelado.

Entre os riscos da proeza técnica prevista para segunda-feira está – para além do insucesso da operação – uma eventual deformação ou mesmo quebra do casco do navio ou a poluição daquela que é considerada a maior reserva marinha da Europa.