Última hora

Última hora

Tesla Model S: 416 cv e uma autonomia de 500 km

Em leitura:

Tesla Model S: 416 cv e uma autonomia de 500 km

Tamanho do texto Aa Aa

O Tesla Model S é cem por cento elétrico. Esta pequena bomba de 416 cavalos nasceu nas montanhas que rodeiam Silicon Valley, longe do Michigan, o berço da indústria automóvel americana. A nova estrela da Califórnia está a revolucionar o mundo automóvel.

No Tesla Model S acabaram os botões tradicionais. É num tablet que se inserem todos os dados, como a potência de travagem ou as preferências de condução. O GPS, a temperatura ou o teto de abrir também são acionados de forma digital.

Um ecrã tátil de 17 polegadas numa berlina completamente elétrica e uma autonomia de 500 quilómetros são duas revoluções deste projeto desenvolvido por um francês.

Uma bateria de lítio é uma novidade num carro destinado ao grande público. A Tesla produz anualmente 30 mil veículos deste modelo. Sem contar com os pneus, tudo é feito aqui. 80 por cento dos componentes são de alumínio ou de fibra de carbono.

Há duas formas de carregar as baterias do Tesla Model S: com o acelerador de carga instalado neste terminal o carregamento demora 20 minutos, ou em qualquer tomada elétrica com um cabo de alimentação e um adaptador mas neste caso são necessárias 5 horas para se obter a carga máxima.

Mas esta revolução tem um preço: 60 mil euros é quanto os potenciais compradores têm de desembolsar, tanto na Europa como nos Estados Unidos.