Última hora

Última hora

Tiroteio em edifício da marinha provoca pelo menos 12 mortos em Washington

Em leitura:

Tiroteio em edifício da marinha provoca pelo menos 12 mortos em Washington

Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos voltam a ser palco de um novo tiroteio mortífero, desta feita dentro de um edifício militar em Washington DC. Um ou vários homens armados terão penetrado, esta manhã, num complexo da Marinha, abatendo várias pessoas.

Pelo menos doze pessoas foram mortas e várias outras ficaram feridas. Entre as vítimas contam-se pelo menos 2 polícias.

As circunstâncias do ataque são pouco claras, a polícia confirmou a morte de um atacante e avançou com a possibilidade de existirem outros dois homens armados, que ter-se-ão barricado no edifício.

As autoridades declararam que os homens envergavam roupa militar, o que não quer dizer que os atacantes fossem de facto das forças armadas norte-americanas.

Três quarteirões em redor ao edifício foram bloqueados, os voos num aeroporto vizinho foram suspensos e dezenas de escolas na zona encerradas, como medida de prevenção.

O edifício da marinha de guerra, que foi palco do tiroteio está situado na zona sudeste de Washington, não longe do Capitólio e da Casa Branca. Trabalham no local cerca de 3 mil pessoas, e é o quartel-general do comando dos sistemas navais da marinha, onde são projetados navios e submarinos.

O edifício acolhe também a residência do chefe de estado-maior da Marinha, o almirante Jonathan Greenert, que foi entretanto transferido para o Pentágono.