Última hora

Última hora

Depois de endireitado, Costa Concordia continuará durante meses junto à ilha de Giglio

Em leitura:

Depois de endireitado, Costa Concordia continuará durante meses junto à ilha de Giglio

Tamanho do texto Aa Aa

Depois do sucesso da operação para endireitar o Costa Concordia, começa agora um longo processo para preparar a remoção do paquete naufragado há mais de ano e meio da paisagem da ilha italiana de Giglio.

O casco será reforçado e serão instalados flutuadores, para permitir que o navio seja transportado para um outro porto ainda a definir para ser desmantelado.

Mas, como explica o chefe da Proteção Civil italiana, uma das primeiras prioridades é recuperar os corpos de duas vítimas que continuam desaparecidos. Franco Gabrielli diz que já deu a luz verde para o início das operações de busca.

O naufrágio, a 13 de Janeiro de 2012, fez 32 mortos, dois quais dois corpos nunca foram recuperados.

A operação inédita para endireitar o paquete de 144.000 toneladas demorou perto de vinte horas, terminando por volta das quatro horas da manhã, hora local. Um sucesso, segundo as autoridades, que garantem que não há qualquer indício de poluição naquela que é uma das maiores reservas marinhas da Europa.

Os habitantes de Giglio felicitaram efusivamente o líder da equipa de 500 especialistas, de 26 país. O sul-africano Nick Sloane, admitiu estar “impressionado e mesmo surpreendido”, pois confessa que “esperava que houvessem mais estragos”.

Segundo a Proteção Civil italiana, o Costa Concordia não deverá estar pronto para ser rebocado antes do “primeiro semestre do próximo ano”. As autoridades também ainda não identificaram um porto com capacidade para receber e desmantelar o navio.

  • Costa Concordia: A 'perfect operation'

    Source: Anadolu press agency

www.theparbucklingproject.com/


Agrandir le plan