Última hora

Última hora

Facebook e Twitter acessíveis algumas horas no Irão

Em leitura:

Facebook e Twitter acessíveis algumas horas no Irão

Tamanho do texto Aa Aa

Uma brisa de liberdade nas redes sociais, no Irão, acabou por lançar a confusão, na república islâmica.

Durante a noite, os internautas iranianos puderam conectar-se ao Facebook e ao Twitter, normalmente proibidos no país dos Ayatollahs.

Mas foi sol de pouca dura: poucas horas depois, as redes sociais estavam novamente inacessíveis a partir da república islâmica.

Na realidade, ninguém sabe o que se passou durante estas poucas horas de liberdade informática.

Oficialmente, dizem os responsáveis pela internet, em Teerão, tratou-se de um “problema técnico”. Mas há quem especule sobre o facto de esta janela binária ter sido uma forma de espiar quem usa as redes sociais e o que aí se diz.

O mais irónico é que, num país onde o Facebook e o Twitter são proibidos, vários ministros têm conta nestas redes. Idem no que toca ao próprio chefe supremo, o Ayatollah Ali Khomenei.

Houve mesmo quem pensasse que o novo presidente moderado, Hassan Rohani, tinha liberalizado os acessos.