Última hora

Última hora

Turquia justifica abate de helicóptero sírio como resposta a uma "provocação"

Em leitura:

Turquia justifica abate de helicóptero sírio como resposta a uma "provocação"

Tamanho do texto Aa Aa

A Síria acusa a Turquia de inflamar a tensão junto à fronteira entre os dois países, depois de um helícoptero da força área síria ter sido abatido ontem sobre território turco.

O aparelho, um Mi-17, foi alvo de dois caças turcos, depois de ter sido alertado por várias vezes, segundo Ancara, para o facto de ter penetrado em espaço aéreo turco.

O helicóptero despenhou-se a dois quilómetros da fronteira síria, na região turca de Yayladagi. Um dos pilotos terá sido capturado por rebeldes sírios.

Interrogado pelo correspondente da euronews em Istambul, um analista não acredita que Damasco possa retaliar.

“Esta violação do espaço aéreo vai ser provelmente analisada por responsáveis da NATO que deverão publicar um comunicado sobre o que se passou e advertir a Síria para que não volte a repetir a mesma ação. Por isso acho que não devemos esperar uma retaliação por parte da Síria”.

O incidente ocorre depois da Síria ter abatido um caça turco, em junho do ano passado, depois deste ter alegadamente violado o espaço aéreo do país.

O ministro dos Negócios Estrangeiros turco considerou o novo incidente como, uma “provocação”, afirmando que o ato foi “propositado” por parte de Damasco.


Agrandir le plan