Última hora

Última hora

Ucrânia aprova projeto de Adesão à UE

Em leitura:

Ucrânia aprova projeto de Adesão à UE

Tamanho do texto Aa Aa

O governo da Ucrânia aprovou esta quarta-feira um projeto de adesão à União Europeia. Este pode ser o primeiro passo para que o país da ex-União Soviética integre o bloco europeu. O executivo de Kiev espera assinar o acordo de adesão com a União a 28 e 29 de novembro, durante a cimeira que decorre em Vilnius, na Lituânia.

Para isso, a Ucrânia tem de mostrar que está a tentar cumprir todas as condições impostas por Bruxelas, como explica o chefe da delegação da UE no país, Jan Tombinski: “as exigências estão relacionadas com reformas no sistema judicial na Ucrânia, sobretudo no que diz respeito ao Ministério Público. Também existe a questão do sistema eleitoral que deve ser mais justo e menos sujeito a fraudes. Há ainda a questão da justiça seletiva- nomeadamente o caso de Yulia Tymoshenko.”

Os partidos da oposição ucraniana acreditam que o país tem tempo para adotar as reformas exigidas pela União mas temem que as mudanças não passem do papel para a realidade.

A correspondente da euronews em Kiev, Maria Korenyuk, lembra que “90% do texto do Acordo de Adesão descreve relações comerciais entre a União Europeia e a Ucrânia. Mas os ucranianos esperam mais da assinatura deste documento: a livre circulação nos países membros, o combate à corrupção e a estabilidade das leis e da democracia no país.”