Última hora

Última hora

Concentração em Bruxelas contra a extrema-direita na Grécia

Em leitura:

Concentração em Bruxelas contra a extrema-direita na Grécia

Tamanho do texto Aa Aa

O homicídio do cantor grego Pavlos Fyssas também gerou protestos em Bruxelas. Algumas dezenas de gregos e de militantes de partidos de esquerda concentraram-se em frente à bolsa da capital belga para denunciarem o crescimento da extrema-direita na Europa.

“A situação na Grécia é muito preocupante com o crescimento da extrema-direita e dos fascistas da Aurora Dourada. Nós estamos bastante assustados e preocupados com a situação na Europa, onde se vê a crise e a austeridade a empurrarem cada vez mais gente para a direita e para o desespero” – afirmou um dos participantes.

“Com o crescimento da Aurora Dourada e com o estado das coisas na Grécia estávamos à espera que um dia uma coisa destas acontecesse. Espero que seja o último homicídio. A situação política e económica é um pesadelo e eu espero que termine um dia” – disse uma grega presente neste protesto.

Além de Bruxelas, cidades como Amesterdão, Barcelona e Paris também foram palco de pequenas manifestações organizadas por movimentos de esquerda.