Última hora

Última hora

Exército egípcio detém dezenas de pessoas durante assalto a bastião islamita

Em leitura:

Exército egípcio detém dezenas de pessoas durante assalto a bastião islamita

Tamanho do texto Aa Aa

O novo governo egípcio tenta recuperar o controlo do bastião islamita de Kerdasa, nos arredores do Cairo.

Dezenas de viaturas da polícia e do exército cercam a localidade, desde o início da manhã, com o objetivo de deter 140 militantes acusados da morte de vários polícias durante um ataque, em agosto, a uma esquadra na povoação.

A operação foi marcada por violentos confrontos entre populares e forças da ordem, que provocaram a morte de pelo menos um polícia, ferindo outros seis.

Uma ação que ocorre num momento em que mais de um milhar militantes islamitas foram detidos, nos últimos meses, desde os protestos que se seguiram à deposição do presidente Mohamed Morsi.

“Eu e os meus filhos decidimos partir pois não nos sentimos seguros face aos grupos de vândalos e não quero voltar a esconder-me nos poços por detrás de casa. É por isso que vamos para casa de familiares por uns dias até que a situação regresse ao normal”, afirma um residente.

Pelo menos 48 pessoas foram detidas durante a operação que coincidiu com um alerta de bomba no metro do Cairo.

Um falso alerta, segundo as autoridades que, depois de suspenderem a circulação durante várias horas, encontraram apenas duas bombas factícias numa estação.

  • Clashes in Cairo – 19/09/2013

    Mohamed Hossam – Anadolu agency