Última hora

Última hora

Estado de alerta em Itália

Em leitura:

Estado de alerta em Itália

Tamanho do texto Aa Aa

Dois membros das novas Brigadas Vermelhas, apelaram, esta sexta-feira, aos opositores à construção do novo túnel entre França e Itália que tentem travar o projeto e não tenham medo de endurecer o protesto.

Alfredo Davanzo e Vicenzo Sisi estão detidos e assinaram o documento, divulgado na internet.

O governo italiano decidiu destacar mais 200 militares para o local mas afirma que não tem medo de ameaças.

“O Estado Italiano não tem medo das novas Brigadas Vermelhas pois derrotámos as antigas. Vamos lutar contra qualquer tipo de intimidação contra o Estado.”, assegura o ministro italiano do interior, Angiolino Alfano.

É no Vale de Susa que os protestos se fazem ecoar. Os manifestantes estão contra o projeto de ligação entre Lyon e Turim que vai obrigar à construção de um túnel com uma extensão prevista de 57 quilómetros.