Última hora

Última hora

Itália baixa previsões de crescimento

Em leitura:

Itália baixa previsões de crescimento

Tamanho do texto Aa Aa

A economia italiana vai crescer menos do que o previsto. O governo baixou as previsões esta sexta-feira.

A economia deverá contrair 1,7% este ano, ou seja, mais quatro décimas do que em abril. Para 2014 espera-se o regresso ao crescimento, mas a um ritmo inferior ao previsto também até agora. Isto é, 1% em vez de 1,3%.

Neste contexto, Roma revê em alta o défice das contas públicas, depois de, em maio, Bruxelas ter retirado o país do procedimento por défice excessivo.

Segundo Roma, este ano o défice vai superar os 3% e a dívida atingir os 132,9% do PIB. Para o próximo ano, o défice deverá descer para 2,5%, quando antes Roma falava de 1,8%. Mas para isso é preciso estabilidade política, diz o primeiro-ministro Enrico Letta