Última hora

Em leitura:

China: Bo Xilai condenado a prisão perpétua.


China

China: Bo Xilai condenado a prisão perpétua.

Bo Xilai foi condenado este domingo a prisão perpétua pelo tribunal de Jinan, na província de Shandong, no Leste da China. Dirigente do partido comunista chinês até março do ano passado, altura em que foi afastado da liderança partidária na região de Chongqing, o político foi considerado culpado dos crimes de suborno, abuso de poder e desvio de fundos que terão, concluiu o tribunal, “prejudicado os interesses da China e do povo chinês.”

O caso, que fez abanar a estrutura do Partido Comunista chinês, foi espoletado pelo caso que levou à condenação de Gu Kalai, mulher de Bo Xilai, considerada responsável pelo assassinato do empresário britânico Neil Heywood.

Depois de um oficial da polícia chinesa envolvido no crime e próximo de Bo Xilai ter procurado asilo no consulado norte-americano, o dirigente comunista acabou por ser também envolvido na investigação. Daí resultaram as acusações que o levaram a tribunal e agora o condenaram. Apesar de reclamar de ter sido coagido a confessar os crimes de que era acusado, nomeadamente através de tortura, o tribunal decidiu-se pela prisão perpétua. Bo Xilai, apesar de tudo, ainda pode recorrer desta sentença.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Quénia: Presidente promete guerra a terroristas somalis