Última hora

Última hora

Quénia: Militares prestes a controlar terroristas

Em leitura:

Quénia: Militares prestes a controlar terroristas

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente queniano, Uhuru Kenyatta, informou, este domingo, que as forças de segurança estão em posição de neutralizar o grupo de terroristas que ainda se encontra no interior do Westgate. O comunicado saiu depois de uma fonte das autoridades do Quénia, ter confirmado que estão a ser auxiliadas pelas forças especiais israelitas. Uma informação veiculada pela France Press mas que não foi confirmada pelo governo de Telavive.

Mais de 24 horas após o atentado em Nairobi ainda há pessoas que vão sendo resgatadas do edifício. As vítimas são de várias nacionalidades. Entre os mortos está o poeta do Gana Kofi Awoonor.

Os testemunhos continuam a chegar em várias línguas. “Há uma francesa que eu conheço. Ela levou um tiro na perna e ainda está no hospital pois foi operada ontem. Não tenho nenhuma notícia e não sei como ela está. Ela tem dois filhos de 8 e 5 anos, que estavam lá e viram a mãe a ser baleada por terroristas. Então, todos fomos afetados. Nunca tínhamos assistido a ataques como este”, afirma esta francesa.

Com o número de feridos a aumentar, os hospitais de Nairobi estão assoberbados. Depois do apelo dramático da Cruz Vermelha do Quénia a população da cidade acorreu aos vários centros médicos improvisados para dar sangue.