Última hora

Última hora

Gino Bartali reconhecido como "Justo entre as Nações"

Em leitura:

Gino Bartali reconhecido como "Justo entre as Nações"

Tamanho do texto Aa Aa

Gino Bartali foi reconhecido pelo museu Yad Vashem, em Jerusalém, como “Justo entre as Nações”. O título foi atribuído à lenda do ciclismo italiano devido ao trabalho desenvolvido durante a Segunda Grande Guerra Mundial e que permitiu salvar a vida de centenas de judeus.

Vencedor de duas Voltas à França e três Voltas à Itália, Bartali usava o quadro da bicicleta para transportar mensagens e documentos falsos, fazendo-se valer da sua popularidade para passar incólume entre os guardas alemães.

Gino Bartali morreu a 5 de maio de 2000, tinha então 85 anos.