Última hora

Última hora

Paquistão: atentado contra igreja cristã provoca mais de 80 mortos

Em leitura:

Paquistão: atentado contra igreja cristã provoca mais de 80 mortos

Tamanho do texto Aa Aa

O balanço do mais grave ataque contra a comunidade cristã do Paquistão eleva-se já a mais de 80 mortos.

Dois bombistas suicidas fizeram deflagrar cargas explosivas, com 30 segundos de intervalo, no domingo, à saída da missa, numa igreja anglicana de Peshawar.

Uma ação reivindicada pelos talibã paquistaneses, que levou centenas de pessoas às ruas para denunciar a ineficácia das forças de segurança que vigiavam o templo.

A deflagração das duas cargas explosivas, uma à entrada da igreja e outra no interior do edifício, provocou igualmente cerca de cem feridos, uma dezena dos quais se encontram em estado grave.

O movimento dos Talibãs paquistaneses reivindicou o atentado como uma resposta aos ataques com drones norte-americanos, que provocaram mais de 3500 mortos, nos últimos 9 anos, na região tribal do Paquistão.

A ação visa uma comunidade que representa apenas 2% da população paquistanesa.

O primeiro-ministro do país, Nawaz Sharif condenou as ações “brutais e desumanas, levadas a cabo por terroristas” e decretou três dias de luto nacional.

O papa Francisco e o secretário geral da ONU condenaram igualmente o atentado contra a igreja de Todos os Santos em Peshawar.