Última hora

Última hora

Quarto dia de protestos no Bangladesh

Em leitura:

Quarto dia de protestos no Bangladesh

Tamanho do texto Aa Aa

Funcionários da indústria têxtil querem melhores salários e estão na rua prontos a enfrentar a repressão policial.

A polícia usou gás lacrimogéneo contra cerca de 2.000 manifestantes que ergueram barricadas nas principais vias próximas ao aeroporto de Dacca e aos centros industriais de Ashulia e Fatullah.

Ontem à noite, um elemento do governo prometeu que os salários seriam aumentados em novembro.

Bangladesh é o segundo exportador do mundo. Com 4.500 empresas, a indústria do vestuário responde por 80% das exportações anuais do país, no valor de 27 mil milhões de dólares.

Mas a maior parte dos trabalhadores ganha apenas 38 dólares mensais.