Última hora

Última hora

ONU: Rohani apela à moderação e à esperança

Em leitura:

ONU: Rohani apela à moderação e à esperança

Tamanho do texto Aa Aa

O apelo à paz, através da moderação, e da união de todos os países em torno da esperança pautou o discurso do Presidente iraniano nas Nações Unidas.

Hassan Rouhani garantiu ainda que o programa nuclear iraniano tem, apenas, fins pacíficos e que, neste contexto, o seu desenvolvimento é fulcral e respondeu a Barack Obama dizendo:

“Estamos prontos para iniciar, imediatamente, as negociações para conseguirmos a confiança entre os dois lados e também eliminar as ambiguidades através da total transparência.”

O Presidente americano tinha abordado a questão iraniana defendendo a via diplomática nas negociações com Teerão:

“Acreditamos que o presidente Rouhani recebeu do povo iraniano um mandato para seguir um caminho mais moderado e, considerando o compromisso assumido pelo presidente Rouhani de alcançar um acordo, incumbi John Kerry de prosseguir este esforço com o governo iraniano. Os bloqueios podem revelar-se muito grandes mas acredito, firmemente, que o caminho diplomático deve ser testado.”

Em relação à Síria, o Presidente iraniano afirmou, como era esperado, que não acredita na guerra como caminho para a paz e que a solução deve ser encontrada por vias diplomáticas.