Última hora

Última hora

Dor e consternação no último adeus em Nairobi

Em leitura:

Dor e consternação no último adeus em Nairobi

Tamanho do texto Aa Aa

Foram a enterrar, esta quinta-feira, segundo dia de luto nacional dos três decretados pelo governo, mais vítimas do ataque ao Centro Comercial Westgate, em Nairobi, no Quénia.

No terreno, equipas de investigação de vários países, estão a ajudar as autoridades quenianas a encontrar resposta para as muitas perguntas que persistem.

A Interpol lançou, entretanto, um mandado de captura em nome daquela que é conhecida por “Viúva Branca”. Samantha Lewthwaite é uma cidadã britânica que poderá ter participado neste ataque. Segundo a organização, Samantha é viúva de um dos quatro bombistas envolvidos nos ataques terroristas de Londres.

Também terá sido detido um cidadão britânico, no aeroporto de Nairobi, por suspeitas de envolvimento nesta ação armada.

O ataque ao centro comercial provocou a morte de, pelo menos, 61 civis e seis polícias. Cinco alegados terroristas foram mortos e 11 detidos. O balanço não é ainda final por haver um número considerável de desaparecidos que podem estar debaixo dos escombros do edifício.

Uma das vítimas mortais da tragédia é Ruhila Adatia uma apresentadora de televisão, popular no país, que estava grávida.