Última hora

Última hora

"Esperem novos banhos de sangue"

Em leitura:

"Esperem novos banhos de sangue"

Tamanho do texto Aa Aa

Retirem as tropas da Somália ou esperem por novos banhos de sangue.
O aviso foi feito pelo líder das milícias somalis Al-Shabab que confirmou a autoria do ataque ao centro comercial de Nairobi. Ahmed Abdi Godane acusou o presidente do país, Uhuru Kenyata, de apenas se preocupar com o poder e acrescentou que os cidadãos são responsáveis por massacres na Somália, pois as tropas são financiadas com os impostos dos quenianos.

Todos os dias surgem novos relatos do massacre. “Estava perto deste adolescente, porque eles estavam a disparar indiscriminadamente, eram muito pouco humanos, cruéis. Eu tirei sangue do rapaz, o máximo que eu consegui e tentei pôr em mim, no meu braço e pouco depois apercebi-me que ele tinha deixado de respirar naquela altura”, adiantou uma jovem sobrevivente.

Muitas famílias aguardam que a morgue liberte os corpos das vítimas.

Equipas forenses internacionais chegaram à capital queniana para ajudar nas investigações e a cruz vermelha montou células de apoio psicológico.

Estão confirmados 67 mortos e 175 feridos, um balanço ainda provisório.