Última hora

Última hora

Protestos originam caos no Sudão

Em leitura:

Protestos originam caos no Sudão

Tamanho do texto Aa Aa

Uma onda de tumultos populares no Sudão provocou pelo menos 27 mortos. A informação foi avançada por uma fonte médica de Cartum, a capital. O país tem sido palco de protestos que têm semeado o caos desde o início da semana.

Na contestação de quarta-feira, em Cartum os manifestantes incendiaram carros e estações de serviço, vandalizaram e tentaram roubar lojas e bancos.

A ira popular prende-se com mais um anúncio de cortes nas subvenções aos combustíveis.

A independência do Sudão do Sul em 2011 prejudicou a economia do país, que perdeu pelo menos três quartos da produção de petróleo, essencial para as receitas do Estado e divisas estrangeiras usadas para comprar alimentos.

Esta quinta-feira, já com a internet cortada, os protestos continuam exigindo a demissão do presidente Omar el-Bashir, que governa o país há mais de duas décadas e é procurado pelo Tribunal Penal Internacional por genocídio no Darfur.