Última hora

Em leitura:

Recurso confirma 50 anos de prisão para Taylor


Libéria

Recurso confirma 50 anos de prisão para Taylor

50 anos de prisão confirmados para o antigo presidente da Libéria. O antigo presidente da Libéria, Charles Taylor, perdeu o recurso à pena a que tinha sido condenado em Haia, em 2012, por crimes contra a humanidade.

O Tribunal Especial para a Serra Leoa considerou provados os crimes contra civis – violência sexual, escravatura e uso de crianças como soldados.

É a última etapa de 7 anos do processo sobre as atrocidades cometidas na guerra civil da Serra Leoa entre 1991 e 2002, onde morreram 120 mil pessoas e milhares de outras ficaram mutiladas.

Taylor foi considerado culpado de ter auxiliado e encorajado uma campanha de terror para controlar a Serra Leoa recorrendo à troca de diamantes por armas, munições e outro apoio logístico.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Ataque na Caxemira